Colaboração Alexandre Cury

 

 

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o Brasil inteiro está de quarentena. Mas, para algumas pessoas, o trabalho não para, sendo possível fazer home office e continuar… como nós, que praticamos este hábito há mais ou menos duas décadas…

No entanto, a grande maioria aproveita o tempo extra para também deixar fluir outras energias ou talentos não revelados… 

Esta semana conversamos com várias delas, gente que está acostumada a trabalhar muito – habitualmente e sempre. Vejam as respostas delas à nossa questão. Lazer e comprometimento de toda uma sociedade.

 

“ Esta é uma situação totalmente inusitada, ninguém estava preparado para conviver com a imposição de tantas restrições que afetaram a vida de todos.

Precisamos de nos desdobrar em acharmos opções de trabalho que se adequem às restrições impostas, mas que garantam pelo menos um mínimo para que não haja uma paralisação total da nossa economia.

Neste momento precisamos usar ao máximo as opções que a tecnologia nos oferece como home office, reuniões por call, Skype e WhatsApp, e as inúmeras opções via internet.

O maior desafio neste momento é prioritariamente preservar a vida humana e ao mesmo tempo precisamos contar com o bom senso de nossas autoridades para que no momento certo comece a destravar nossa economia evitando assim graves consequências sociais à população”.

 

Altamir Rôso – Empresário e Presidente do CIITTA

 

 

“ Continuo trabalhando normalmente, mas em ritmo desacelerado. Aproveito meu tempo para conversar com os colaboradores, traçamos juntos medidas para superarmos a crise causada pela pandemia. Elaboramos as postagens nas mídias sociais, organizamos arquivos, cuidamos dos jardins. Em casa quando vou cozinhar gosto de todos por perto. Conversamos, oramos, assistimos filmes, séries… é um distanciamento social que nos aproxima da família e de Deus”.

 

Beatriz Tahan – Gestora dos Hotéis Tamareiras

 

 

“Primeiro passo é pensar que tudo isso vai passar. Após isso, reorganizei minha rotina colocando horários para fazer cada coisa. Nunca deixar de fazer os exercícios físicos, mesmo que em casa, fazer uma alimentação saudável e bem variada. Nesse período, estão acontecendo várias lives ligadas a minha área, estou acompanhando todas, colocando as tarefas de casa em dia, cuidando do jardim , dos cachorros      (que estão amando minha companhia 24 horas), finalizando alguns projetos que estavam em andamento.O importante é não ficar parado e não se entregar porque tudo isso vai passar.”

 

Thaís Curi – Arquiteta e Coordenadora da CASA SHOPPING 2020

 

 

 

“Sempre fui uma pessoa muito ativa, muito acelerada. Parar?!!!

Essa palavra não existe no meu dicionário. Só consigo ficar em casa se estiver doente, ao ponto de não conseguir sair…

Dei férias para quase toda equipe do Catavento. Tenho uns 18 funcionários que são eventuais estou muito preocupada com a situação deles…

Vou para o Catavento todos os dias. Estamos em 3 pessoas apenas e mantendo higienização a toda hora, usando máscara e ainda mantendo distância. Não pude parar tudo porque os clientes que estão cancelando as festas, vem para receber a devolução dos pagamentos.

Estou tranquila quanto ao vírus, pois sei me cuidar mas por outro lado a perda financeira foi grande.

Estou planejando incrementar outras coisas para o mercado de festas para quando tudo passar.

Aproveitei o período que estamos paralisados para pequenas reformas. Como aqui tem festa quase todos os dias, já estava pensando em reformar o telhado, fazer limpeza do teto, reformar a cozinha, reformar todos o material de decoração para que tudo esteja perfeito para quando voltar a todo vapor. 

Aproveito esse momento também para fazer uma reflexão se vale a pena a correria o excesso de trabalho.

Sou muito religiosa e acredito que Deus não desampara. 

Desde pequena eu sempre digo: “se Deus fecha uma porta grandes janelas se abrirão”.

É momento para se encorajar e se fortalecer para estarmos pronto para um reinício.

Já passei por um incêndio 5 anos atrás e reergui. 

Força, determinação, fé e esperança são meus lemas.

E que Deus nos abençoe”.

 

Maria Paula Mendes – Empresária 

 

 

“Estou trabalhando normalmente no Hospital de Clínicas da UFTM. Meu trabalho de captação de órgãos e tecidos para transplantes é em benefício a 40.000 brasileiros que aguardam por transplantes…. vida pela vida! Celebre a vida! Não posso parar…estarei sempre à disposição da vida!

Que Deus e Nossa Senhora Aparecida abençoe sempre a todos nós e nos proteja sempre! Amém!”

Ilídio Antunes de Oliveira Jr – Médico

 

 

 

“ Claro que a gente sente falta da liberdade em ir e vir no dia a dia. Por outro lado, como estou muito acostumada ao corre-corre e precisei me recolher, por uma questão de responsabilidade pessoal e coletiva, me organizei para enfrentar a realidade.
Para isso, estabeleci uma rotina.
1. Cumpro rigorosamente os contatos diários com a minha equipe de trabalho usando as diversas ferramentas tecnológicas possíveis, que vão do WhatsApp a teleconferências. Esse contato acontece o dia todo e, muitas vezes, até às 22 hs, dependendo da necessidade e da urgência.
2. Tenho feito todas as tarefas domésticas de limpeza, refeições, roupas sozinha, já que liberei (com remuneração) minha funcionária, tanto para proteger a família dela, quanto a mim, que moro sozinha;
3. Nas horas livres, leio (tinha muitos livros comprados sem tempo pra ler), vejo filmes, faço artesanato (coisa que adoro e raramente posso fazer), organizo armários, faço as compras necessárias (on line), curto cada tempinho que me sobra de forma prazerosa e com muita calma, coisa difícil na minha rotina.
4. Falo com meus filhos e familiares todos os dias e o melhor, sem pressa. Liguei para vários amigos antigos e que no dia a dia, a gente nunca tem tempo pra falar.
5. Faço exercícios de alongamento;
6. Escrevo sempre que posso, nas redes sociais ou para meus escritos pessoais (pretendo lançar um pequeno livro);
Enfim: Estou há 12 dias,  exclusivamente em casa e até agora , posso afirmar que não senti tédio e nem solidão. Estou muito serena e tranquila. O que está posto precisa ser enfrentado da melhor maneira possível, com equilíbrio, sem sofrimento ou vitimização”.

Silvana Elias – Secretária Municipal de Educação

 

 

“ No meu caso estamos trabalhando normalmente, a única alteração que tivemos foi que passamos a trabalhar em regime home office. Como trabalhamos com comunicação, nossos clientes estão demandando muitas coisas, até porque é uma situação inesperada e temos que comunicar com cada cliente. Continuamos nosso trabalho, dando o apoio necessário ao nosso cliente para que ele consiga comunicar com o seu cliente. O que mudou na minha rotina foi isso mesmo, estou em casa e meus colaboradores também, e isso tem o lado bom, porque eu fico com meus filhos, e aproveito para participar do desenvolvimento deles (que na rotina acabo participando menos). Eu penso sempre pelo lado positivo, espero que logo voltemos ao normal, se Deus quiser”.

 

Fábio Lacerda – Publicitário

 

Acesse também em: www.jmonline.com.br

Publicado em 30/03/20
SOBRE MIM

Sou Virginia Abdalla, jornalista há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo, assinei coluna social autoral, nos diários Jornal da Manhã e Jornal de Uberaba, trabalhando com conteúdo ético e abrangente. Espaço aberto para reportagens sociais e voltado também para comportamento, lifestyle, moda, cultura, gastronomia, ciências e tendências. Editei cadernos especiais de jornais e revistas, comandei programa de entrevistas em TV local e integro o quadro de colaboradores da publicação JM Magazine,  sempre procurando destacar pessoas pelo seu talento e fatos pela sua importância transformadora.
 Este é o foco do meu trabalho jornalístico, em prospecção para este Blog, on line desde 2012 - um novo e necessário caminho para fincar os pés no presente e tecnológico universo.
Sou graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras Santo Thomaz de Aquino - com especializações no setor - e pós-graduada em Educação Latu Sensu pela Universidade de São Carlos. Empresária, mãe, avó, filha e mulher que eventualmente se permite expressar através de produções de arte sustentável.

Tamareiras
Espaço A
Arquivo
  • expand2020 (25)
  • expand2019 (88)
  • expand2018 (129)
  • expand2013 (63)
  • expand2012 (492)

© 2020 Virginia Abdalla Blog . Todos os Direitos Reservados.
Powered by WordPress