em: Viagem
Voltar à Cracóvia após 9 anos foi mais uma vez uma coisa maravilhosa. Estive na primavera de 2009 e o clima estava bem frio, mas mesmo assim adorei a cidade.
Retornei agora em Maio na Primavera e a cidade estava iluminada ao pé da letra, pois havia sol até tarde.
O polonês é o povo mais católico do mundo, haja vista o número de igrejas; talvez por esta religiosidade intensa, eles sobreviveram às guerras sem perder a alegria e hospitalidade.
Além das visitas obrigatórias que já havia feito na cidade como Colina Wavel, mina de sal, cidade antiga e Auschuitz , Cracóvia oferece muito mais. O melhor é ver a efervescência de pessoas, sentada em um restaurante da praça do mercado, Rynek Glowni, ali tudo acontece.

Igreja com duas torres

O Mercado é uma construção ladeada pelos dois lados com arcos imponentes e dentro adornado por estruturas de madeira que separa os quiosques.

Mercado

Ali tudo é maravilhoso e muito barato, o melhor lugar para comprar Âmbar ( a única gema de origem vegetal),
peças de madeira, crochê e cerâmicas. Aliás, a cerâmica merece destaque na arte e comércio da Polonia, pois são maravilhosas e muito baratas.
De fora do mercado tem artistas vendendo quadros, floristas fazendo tiaras de cabelo com flores naturais e muito mais …
Os músicos estão presentes em toda a cidade, tocando violinos e acordeons , inclusive por crianças ciganas. É um presente para os olhos e coração.
A praça replete de cafés e restaurantes na calçada e todos separados por cercas muito floridas. Ali a vida passa devagar para apreciarmos tanta beleza e alegria. Os restaurantes lotados e lindos servem uma culinária de primeira a preços bem razoáveis comparados com o restante da Europa.
Uma dica imperdível é ir ao Wesele tomar a sopa no pão.
Outra opção chiquerrima é ir ao Szara Restaurante. Citado no Guia Miclelin 2018
Descendo a praça siga na rua Grodska ,onde tem uma grande concentração de sorveterias e lojas.
Aproveite para passear de Tuck tuck e apreciar os maravilhosos parques ao redor da cidade antiga.
Tendo um tempo é legal visitar Wadowice , a terra de João Paulo II.
Lá além da igreja tem o museu onde era casa que ele nasceu e cresceu, com objetos familiares, inclusive seu bercinho.
Uma dica é comer seu bolo preferido; uma especie de pão de -ló nas confeitarias da praça.
Realmente, Cracóvia é uma excelente opção na Europa com os melhores preços …
Publicado em 12/07/18
SOBRE MIM

Sou Virginia Abdalla, jornalista há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo, assinei coluna social autoral, nos diários Jornal da Manhã e Jornal de Uberaba, trabalhando com conteúdo ético e abrangente. Espaço aberto para reportagens sociais e voltado também para comportamento, lifestyle, moda, cultura, gastronomia, ciências e tendências. Editei cadernos especiais de jornais e revistas, comandei programa de entrevistas em TV local e integro o quadro de colaboradores da publicação JM Magazine,  sempre procurando destacar pessoas pelo seu talento e fatos pela sua importância transformadora.
 Este é o foco do meu trabalho jornalístico, em prospecção para este Blog, on line desde 2012 - um novo e necessário caminho para fincar os pés no presente e tecnológico universo.
Sou graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras Santo Thomaz de Aquino - com especializações no setor - e pós-graduada em Educação Latu Sensu pela Universidade de São Carlos. Empresária, mãe, avó, filha e mulher que eventualmente se permite expressar através de produções de arte sustentável.

MARIZA CURY GASTRONOMIA
Studio E+A Engenharia
Arquivo
  • expand2018 (128)
  • expand2013 (63)
  • expand2012 (492)

© 2018 Virginia Abdalla Blog . Todos os Direitos Reservados.
Powered by WordPress