em: News

 Atividades que valorizam a criança serão desenvolvidas até o dia 25

A escola do Instituto de Cegos do Brasil Central, sob a coordenação das educadoras Marisa Nunes e Graça, realiza a Semana da Criança, que começou no dia 8 e termina nesta quinta-feira, 11, voltada para crianças e jovens da Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental I, já que a criança tem o direito de ser feliz, valorizada, respeitada e amada. Do projeto ainda constam atividades nos dias 24 e 25. As crianças passam a maior parte do tempo na escola, que, por sua vez, desempenha sua função social proporcionando aos alunos um ambiente feliz, acolhedor e amável. No período, há atividades especiais para presentear as crianças, ajudando-as a refletir sobre o ser criança e também comemorar o seu dia. São promovidas atividades extraclasses, variadas e interessantes, visando a dar à criança oportunidades de lazer e sociabilidade educativas dentro da semana de homenagem a ela. 

Os alunos conhecem seus direitos e deveres e participam  de atividades que desenvolvem o raciocínio-lógico, a expressão oral e corporal, a coordenação motora, a percepção auditiva e visual da criança. Nesta terça-feira, 9, foi promovido o Lanche das Voluntárias, com apresentações artísticas, sob a organização das professoras da Educação Infantil, Ensino Fundamental I, séries iniciais e voluntárias. Além da professora Meire, que interpretou a canção de Toquinho, Aquarela do Brasil, os alunos cantaram  A Casa , e a garotinha Yasmin que recebeu aplausos comovidos à sua interpretação para Fio de Cabelo, de Chitãozinho e Xororó. Nesta quarta-feira, haverá homenagem com estórias infantis em aula-passeio à Biblioteca Pública. Na quinta-feira, 11, será a vez da Gincana esportiva, a partir das 13h30. Enquanto isso, haverá atividades lúdicas no pátio e pintura facial, das16h às 17h.

Ainda no mês das crianças, nos dias 24 e 25,  estão programadas atividades dedicadas às imagens animadas, com desenhos para colorir, recorte e colagem, músicas e poesia, dobradura, brinquedos com sucata, brincadeiras dirigidas, quebra-cabeça, cruzadinhas, caça-palavras, além de jogo dos 7 erros e os direitos das crianças e adolescentes.

Direção, supervisão, coordenação e professoras da escola do ICBC

Lanche das Voluntárias do Instituto de Cegos comemorou Dia da Criança

 

Como surgiu o Dia da Criança

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a ideia de “criar” o dia da criança. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como Dia da Criança pelo presidente Arthur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 05 de novembro de 1924. Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a “Semana do Bebê Robusto” e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu certo, pois desde então o Dia da Crianças é comemorado com muitos presentes!

Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto. A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos. Alguns países comemoram o dia das Crianças em datas diferentes do Brasil. Na Índia, por exemplo, a data é comemorada em 15 de novembro. Em Portugal e Moçambique, a comemoração acontece no dia 1º de junho. Em 5 de maio, é a vez das crianças da China e do Japão comemorarem!

Muitos países comemoram o Dia da Criança em 20 de novembro, já que a ONU (Organização das Nações Unidas) reconhece esse dia como o dia Universal das Crianças, pois nessa data também é comemorada a aprovação da Declaração dos Direitos das Crianças. Entre outras coisas, esta declaração estabelece que toda criança deve ter proteção e cuidados especiais antes e depois do nascimento.

 

FOTOS ROSE DUTRA
 

 

Publicado em 09/10/12
SOBRE MIM

Sou Virginia Abdalla, jornalista há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo, assinei coluna social autoral, nos diários Jornal da Manhã e Jornal de Uberaba, trabalhando com conteúdo ético e abrangente. Espaço aberto para reportagens sociais e voltado também para comportamento, lifestyle, moda, cultura, gastronomia, ciências e tendências. Editei cadernos especiais de jornais e revistas, comandei programa de entrevistas em TV local e integro o quadro de colaboradores da publicação JM Magazine,  sempre procurando destacar pessoas pelo seu talento e fatos pela sua importância transformadora.
 Este é o foco do meu trabalho jornalístico, em prospecção para este Blog, on line desde 2012 - um novo e necessário caminho para fincar os pés no presente e tecnológico universo.
Sou graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras Santo Thomaz de Aquino - com especializações no setor - e pós-graduada em Educação Latu Sensu pela Universidade de São Carlos. Empresária, mãe, avó, filha e mulher que eventualmente se permite expressar através de produções de arte sustentável.

Tamareiras
Spaço A
Arquivo
  • expand2019 (82)
  • expand2018 (129)
  • expand2013 (63)
  • expand2012 (492)

© 2019 Virginia Abdalla Blog . Todos os Direitos Reservados.
Powered by WordPress