Numa viagem pelo mundo da flauta, o Undine Duo traz ao público de Uberaba um repertório variado e abrangente. Com a proposta de mostrar desde os períodos barroco e clássico, com incursões no romântico e também no contemporâneo, sem esquecer da música brasileira e sul-americana, o Undine se utiliza da modernidade de instrumentos atuais para transformar a linguagem musical e recriar a ambientação sonora da época em que as peças foram criadas, o que resulta num matiz de cores que leva o ouvinte a se transportar no tempo e a resgatar valores históricos.

José Evangelista, flauta principal há mais de 20 anos na Sinfônica do Teatro Nacional de Brasília, e Amélia Gomyde, pianista de câmera de larga experiência no cenário nacional, formam o Undine Duo, nome escolhido em homenagem a uma personagem do folclore europeu e ao compositor Carl Reinecke, que a materializou na forma da brilhante Sonata Undine. Como forma natural de evolução da música de câmera, o Undine Duo incorporou em sua formação dois músicos expoentes do cenário nacional, Carlos Tortes (bateria) e Antoine Espagno (contrabaixo), com grande vivência no estilo jazzístico. Surge um quarteto capaz de executar a incrível Suite para Flauta e Jazz Trio, de Claude Bolling, que conclui a programação nessa oportunidade.

A Flauta no Tempo busca uma síntese de compositores que criaram obras representativas para esse instrumento, embora se saiba da dificuldade em escolher dentre o enorme leque disponível. Fazem parte atualmente do repertório, entre outros, os barrocos Telemann, J.S.Bach e um de seus filhos mais prolíficos, C.P.E.Bach. Dos clássicos mais destacados estão incluídos Mozart, Haydn e Hofmann. Mais à frente no tempo, os românticos Chaminade, Reinecke, Godard e os representantes da “Belle Epóque” da flauta, Mouquet e Popp, e os mais recentes Debussy, Fauré, Dutilleaux e Bozza. Do lado de cá do atlântico, os brasileiros Guerra-Peixe, Gnattalli e Villani-Côrtes e o argentino Piazzolla. Os contemporâneos Rutter e Bolling completam as opções de estilos à disposição do público desse duo que, desde sua aparição inicial, já conta com quase 30 anos de existência.

O evento será no próximo domingo, 26 de agosto, às 19 horas, no Teatro Sesiminas, no Centro de cultura José Maria Barra.

Publicado em 19/08/12
SOBRE MIM

Sou Virginia Abdalla, jornalista há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo, assinei coluna social autoral, nos diários Jornal da Manhã e Jornal de Uberaba, trabalhando com conteúdo ético e abrangente. Espaço aberto para reportagens sociais e voltado também para comportamento, lifestyle, moda, cultura, gastronomia, ciências e tendências. Editei cadernos especiais de jornais e revistas, comandei programa de entrevistas em TV local e integro o quadro de colaboradores da publicação JM Magazine,  sempre procurando destacar pessoas pelo seu talento e fatos pela sua importância transformadora.
 Este é o foco do meu trabalho jornalístico, em prospecção para este Blog, on line desde 2012 - um novo e necessário caminho para fincar os pés no presente e tecnológico universo.
Sou graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras Santo Thomaz de Aquino - com especializações no setor - e pós-graduada em Educação Latu Sensu pela Universidade de São Carlos. Empresária, mãe, avó, filha e mulher que eventualmente se permite expressar através de produções de arte sustentável.

Tamareiras
Espaço A
Arquivo
  • expand2021 (3)
  • expand2020 (58)
  • expand2019 (88)
  • expand2018 (129)
  • expand2013 (63)
  • expand2012 (492)

© 2021 Virginia Abdalla Blog . Todos os Direitos Reservados.
Powered by WordPress