MPB e jazz na Feira Livre da Dom Eduardo na 6ª

 Ricardo Moraes e convidados são a atração da Feira Livre de Arte e Cultura nesta sexta-feira, 29, às 19h30, na pç. Dom Eduardo, próximo da Av. Alexandre Barbosa, Mercês. O estilo musical do grupo é MPB e jazz. Ricardo (baixo) será acompanhado por Carlos Valeriano (guitarra) e pelos violonistas Carlos Giovanny e André Fernandes. O show gratuito é uma realização da Fundação Cultural de Uberaba.

Moraes é músico profissional desde 1986. Integrou a Banda Edinho Santa Cruz, que se apresentou durante quatro anos no “Programa do Faustão”, da TV Globo. O baixista gravou três CDs. O primeiro, “Rock” (1990) e depois “Andradas 109” (2007), com as participações de Victor Cruz (México), Stephan Kurmann (Suíça), Pernambuco do Pandeiro, Zeca Maretzki, Ezequial Piaz, Pedro Amuí e Fernando Borges.

O disco “Ricardo Moraes Quartet Live at Bird’s Eye” (2008) foi produzido na Suíça, após o músico residir em Milão, na Itália. Desde o ano passado, participa de projeto com a cantora Ere Serrano e o pianista Arturo Balestero em Madri, na Espanha. Nesse país, em Barcelona, se apresentou em 2011, além de retornar a Milão.

Convidados

O guitarrista Carlos Valeriano e os violonistas Carlos Giovanny e André Fernandes anualmente, em dezembro, se apresentam no recital “Arte do Violão” no TEU – Teatro Augusto César Vanucci. Giovanny é formado em música pela UFU (Universidade Federal de Uberlândia) e conquistou o Prêmio Jovem Músico BDMG (Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais) em 2011.

Recital de flauta homenageia Gonzagão pelos 100 anos no domingo às 10h , no MAS

O Grupo Sopro Som homenageia o cantor e sanfoneiro Luiz Gonzaga, o “Gonzagão”, pelo seu centenário, em recital no domingo, 1º, às 10h, no MAS (Museu de Arte Sacra), na igreja Santa Rita, na pç. Manoel Terra, Centro. A música “Baião” e “pout-pourri” do artista integram o programa à mostra pelo conjunto de 12 flautistas e cantores. A promoção – aberta ao público – é da Fundação Cultural de Uberaba, que administra o MAS.

Professores e alunos da área de flauta doce do Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi compõem o Sopro Som.  O objetivo do grupo é envolver os estudantes desde o ciclo inicial até o curso profissionalizante, com o contexto cultural escolar e social.

O repertório abrange vários estilos musicais, com formações diversas: peças a três, quatro e cinco vozes, abordando diferentes naipes da flauta doce: sopranino, contralto, tenor e baixo, e também acompanhamento de piano e percussão. O projeto é coordenado pelas professoras Juliana Rodrigues da Cunha e Renata Helena dos Santos.

Programa

1- “El Condor Passa” (Dante Ramon Ledesma);

2- “Céu de Santo Amaro” (Baseada na sinfonia da “Cantata 156”, de Bach);

3- “Planeta Sonho” (Flávio Venturini);

4- “Pout-pourry” do Roupa Nova;

5- “Polichinelo” (Gadé e Almanyr Grego);

6- “Saudosa Maloca” (Adoniran Barbosa);

7- “Baião” (Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga);

8- “Pout-pourry” de Luiz Gonzaga.

 Chorocultura se apresenta domingo no Mercado

 O grupo Chorocultura se apresenta no “Domingo Cultural”, a partir das 10h30, no Mercado Municipal, em frente ao câmpus 1 da UFTM (Universidade Federal do Triângulo Mineiro). O conjunto, de 17 anos, mantém a formação original com oito membros: Osmar Baroni (pandeiro), Reinaldo de Vito (violão de sete cordas), José Gilberto Silva, o “Gibinha (bandolim), Fausto Reis, o “Faustinho” (cavaquinho), Geraldo Balduíno do Carmo, o “Barão” (voz), e Álvaro Augusto Walter (sax). O evento é uma realização da Fundação Cultural de Uberaba.

Publicado em 28/06/12
SOBRE MIM

Sou Virginia Abdalla, jornalista há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo, assinei coluna social autoral, nos diários Jornal da Manhã e Jornal de Uberaba, trabalhando com conteúdo ético e abrangente. Espaço aberto para reportagens sociais e voltado também para comportamento, lifestyle, moda, cultura, gastronomia, ciências e tendências. Editei cadernos especiais de jornais e revistas, comandei programa de entrevistas em TV local e integro o quadro de colaboradores da publicação JM Magazine,  sempre procurando destacar pessoas pelo seu talento e fatos pela sua importância transformadora.
 Este é o foco do meu trabalho jornalístico, em prospecção para este Blog, on line desde 2012 - um novo e necessário caminho para fincar os pés no presente e tecnológico universo.
Sou graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras Santo Thomaz de Aquino - com especializações no setor - e pós-graduada em Educação Latu Sensu pela Universidade de São Carlos. Empresária, mãe, avó, filha e mulher que eventualmente se permite expressar através de produções de arte sustentável.

Tamareiras
Spaço A
Arquivo
  • expand2019 (77)
  • expand2018 (129)
  • expand2013 (63)
  • expand2012 (492)

© 2019 Virginia Abdalla Blog . Todos os Direitos Reservados.
Powered by WordPress