A sustentabilidade j√° deixou de ser tratada como uma simples obriga√ß√£o, e hoje j√° √©¬†sin√īnimo de diferencial e identidade

 

Quando¬†integrada corretamente em um Projeto de design, seja ele qual for, a sustentabilidade pode agregar muito valor ao Projeto, seja dando for√ßa a identidade¬†ou ditando um estilo pr√≥prio. Foi isso que aconteceu a esse restaurante em Kiev, na Ucr√Ęnia.

O Restaurante chamado¬†Simple¬†foi pensado com foco na¬†sustentabilidade e simplicidade ‚Äď como o pr√≥prio nome j√° sugere ‚Äď e traz bastante caracter√≠sticas da natureza e de¬†uma vida mais org√Ęnica. A ideia do restaurante √© ‚Äúseja simples, coma simples‚ÄĚ, e implica cozinhar comida vegetariana a partir de produtos locais, frescos, e sem conservantes, mas em combina√ß√Ķes inusitadas.

O ponto de partida para a concepção do Projeto foi a simplicidade, para a decoração e também para os pratos, que são feitos com ingredientes locais e da estação.

 

 

O Projeto Arquitet√īnico, o Projeto de design de interiores e a identidade visual do Simple foram desenvolvidos pela ag√™ncia de branding, arquitetura e design Brandon Archibald, liderados pela Arquiteta Anna Alexandrova.

O formato estreito foi um grande desafio para o Projeto, já que a maior parte do restaurante tem 2,70m de largura. Como o Cliente participa da montagem do seu prato, essa parte ficou nos fundos da construção, ficando entre o salão de mesas da entrada e o da lateral, se tornando funcional e bem charmoso.

 

 

 

Os m√≥veis ‚Äď mesas e bancos ‚Äď e itens como porta-guardanapos e bandejas s√£o todos em madeira.

Materiais baratos que foram comprados no mercado local ganharam outro uso e foram reaproveitados. Potes de vidro reciclados se transformaram em luminárias pendentes. Caixotes viraram estantes e o rolo para massas serve de cardápio de bebidas. E para servir de cabide, um rastelo de cabeça para baixo.

 

 

 

 

Muitas plantas ‚Äď suculentas e cactos ‚Äď deixam o ambiente mais vivo, desde uma parede inteira dedicada a vasinhos em prateleiras e uma suculenta em cada porta-guardanapos.

 

 

O conceito e o Projeto foram muito bem elaborados e realizados, e o ambiente ficou perfeito para comer uma comida de qualidade, passar o tempo com pessoas queridas ou simplesmente tomar um café e ler um bom livro.

 

 

 

Os detalhes vão para além do salão. O porta-papel toalhas do banheiro é uma casa de passarinhos. E na parede do sanitário, Freud, te convida a sentar no vaso sanitário

 

 

Fonte: Brandon Archibald, Archdaily e Pinterest.

 

Juliana Sousa é Arquiteta e Urbanista, com cursos na área de Design de Interiores, Gerenciamento de Projetos, e Gestão Ambiental.

 

Contatos:

Studio E+A – Engenharia e Arquitetura

Avenida Alberto Martins Fontoura Borges, n¬ļ 580 | Bairro S√£o Benedito |

Uberaba/MG | Cep: 38022-070 |

Telefone: 34 3311-7243 | 34 99134-8578 | 34 99813-1119 |

studioea.construcoes@gmail.com

 

Publicado em 11/06/18
em: News, Social

Al√™ R√īso e amigas entre elas a professora Dionir Andrade na festa junina beneficente de 2017

O Instituto de Engenharia e Arquitetura do Tri√Ęngulo Mineiro (IEATM) e o Metropolitano – N√ļcleo de Arquitetura e Design de Uberaba preparam a Festa Junina Beneficente 2018,¬†em dois dias com m√ļsica ao vivo e barracas de institui√ß√Ķes filantr√≥picas da cidade.

Segundo a diretora do IEATM, a arquiteta Thais Curi, a Associa√ß√£o de Combate ao C√Ęncer do Brasil Central (ACCBC), mantenedora do Hospital Dr. H√©lio Angotti, cuidar√° da barraca de espetinhos, a Adefu-Associa√ß√£o dos Deficientes F√≠sicos de Uberaba, de caldos, a Par√≥quia Santa Edwiges, pasteis. A Par√≥quia Nossa Senhora de F√°tima cuidar√° da barraca de pamonha, canjica, quent√£o e milho verde, o¬† Lar Andr√© Luiz, da barraca de cachorro-quente, o Lar Esp√≠rita Pedro e Paulo, com Comida de Buteco.

Também estará com uma barraca no evento, a  Associação dos Voluntários do Hospital de Clínicas de Uberaba (AVHC), com galinhada, bem como a Casa de Acolhimento Anjos do Bem, com a barraca de doces.

A festança será nos dias 22 (sexta-feira) e 23 (sábado) de junho, a partir das 19h, na sede do IEATM, na avenida Leopoldino de Oliveira, 1020, e beneficiará, ainda, o  Hospital da Criança e o Lar da Esperança.

 

O Metropolitano é um programa de relacionamento e fidelidade criado para proporcionar vantagens e benefícios exclusivos para empresas e profissionais da área de Arquitetura, Design de Interiores e Decoração

Publicado em 03/06/18

Cada vez mais usadas elas vieram para ficar

 

São chamadas assim pelo fato de ser montada a partir do entrelaçamento de galhos, ramos e etc. Muitas vezes até sem flores e muitos ramos. Este tipo de arranjo se destaca pela decoração contínua e baixa, podendo cair nas laterais ou não.

 

 

 

Pequenos castiçais, velas, flores e frutas são perfeitos para complementar o arranjo.

 

 

√Č uma excelente op√ß√£o para mesas comunit√°rias pois trazem a beleza natural
para o ambiente.

 

Além de enfeitar; elas tem um custo razoável e são perfeitas para  não atrapalhar  a conversa ente os convidados

 

Publicado em 03/06/18

Mais que um casamento, a união do filho de Diana e Charles é um ato político Рno Reino Unido com repercussão mundial

H√° poucos anos, a monarquia jamais permitiria que o pr√≠ncipe William, prov√°vel futuro rei da Inglaterra, tivesse um meio-irm√£o de pele escura e ligado ao Islamismo.¬†Por isso, teria ocorrido um compl√ī real para sabotar o namoro de Diana, m√£e do herdeiro, com o m√©dico paquistan√™s Hasnat Khan, e, anos depois, boicotar o relacionamento dela com o multimilion√°rio eg√≠pcio Dodi Al-Fayed, ao lado de quem estava no fat√≠dico acidente de carro em 31 de agosto de 1997. Hoje, a afroamericana Meghan Markle recebeu o apoio negado aos namorados mu√ßulmanos da m√£e de Harry.

Esses dois homens mu√ßulmanos e sem ‚Äėsangue azul‚Äô representavam uma quebra de paradigma inaceit√°vel aos membros conservadores da corte da Rainha Elizabeth.¬† Na √©poca da morte de Diana surgiu at√© um boato de que ela estaria gr√°vida de Dodi.¬†O desastre na Pont de l¬īAlma, em Paris, teria sido intencionalmente provocado para impedir que a princesa desse a William um irm√£o mesti√ßo, plebeu e n√£o seguidor dos dogmas da religi√£o oficial dos nobres, a Igreja Anglicana.

Teorias conspirat√≥rias √† parte, somente agora, quase 21 anos depois da morte de Diana, a realeza abre os bra√ßos para receber algu√©m fora do perfil tradicional.¬†Meghan Markle acaba de se tornar a esposa do pr√≠ncipe Harry, ca√ßula de Diana e Charles, √© miscigenada (pai branco, m√£e negra), norte-americana, atriz e divorciada.¬† Claro que v√°rios arranjos foram rapidamente providenciados para adaptar as coisas. Ela ganhou cidadania brit√Ęnica e se converteu ao Anglicanismo. O batismo aconteceu no in√≠cio do m√™s.¬† Disse adeus¬†√† carreira art√≠stica e n√£o ter√° mais a agitada vida social com os amigos de Los Angeles, sua cidade natal, e Toronto, no Canad√°, onde vivia por contas das grava√ß√Ķes de uma s√©rie de TV.¬† O contato com a fam√≠lia tamb√©m ser√° menor.O pr√≥prio cerimonial do casamento que est√° acontecendo agora, mostra a aus√™ncia do pai e a figura discreta da m√£e da noiva – que se emocionou muito, diga-se de passagem.

A simpatia imediata dos s√ļditos fez a diferen√ßa para que Sua Majestade e o cl√£ Windsor aprovassem a plebeia.¬†Outro fator important√≠ssimo: eventuais filhos miscigenados de Meghan e Harry ter√£o chance m√≠nima de assumir o trono.
S√≥ para relembrar, o pr√≠ncipe √© somente o sexto na linha sucess√≥ria.¬† Antes dele est√£o o pai, Charles, o irm√£o mais velho, William, e os sobrinhos George, Charlotte e Louis ‚Äď todos dentro do ‚Äėpadr√£o‚Äô de monarca visto h√° s√©culos.

Mesmo assim já é um grande avanço relevante. A chegada de Meghan simboliza a aceitação da diversidade na dinastia mais famosa do planeta. Primeiras pinceladas de modernidade à monarquia. Até porque, a própria Rainha Elizabeth concedeu a Harry e Meghan o título de duque e duquesa de Sussex, título de nobreza que existe desde o início do século 19.

Publicado em 19/05/18
em: News

O DJ Viny Depp √© uma das atra√ß√Ķes da Festa Dos 1000 Dias da Odonto Uniube, no pr√≥ximo dia 26 de maio (s√°bado), a partir das 17 horas, no Espa√ßo √Čvora, em Uberaba.¬†¬†Viny foca os g√™neros Deep House e Brazilian Bass com sets de muita personalidade aliando feeling e carisma. Seu diferencial √© um repert√≥rio vasto com vertentes que bombam nas pistas.¬†¬†Universit√°rios da cidade e da regi√£o j√° se movimentam para garantir presen√ßa na festan√ßa que ser√° animada tamb√©m pela banda Rancho do Samba.

 

Publicado em 19/05/18
em: Social

Linda comunicadora e empres√°ria Vaniana Cec√≠lio Helou reuniu amigos queridos em torno do seu niver no fim de semana, numa das mais badaladas casas de shows e eventos da cidade. Noite gostosa e cheia de gente bacana circulando por l√° e brindando a querida aniversariante. Confiram nos clicks do amigo e expert Paulo L√ļcio

Sandra e Maurício Cecílio, Vaniana, Fuedinho Cecílio e Vania Pável

 

Julinho Oliveira arrasando na picape

 

Luciana Cunha, Nana Marzola e Carlos, Vaniana

 

Vaniana e Nega P√°vel

 

Com o casal Marcelo Rossini e Dalvinha

 

Com Maria Alice Barsan e M√īnica cec√≠lio Rodrigues

 

Cristiano Marzola e Vaniana

 

Aniversariante com Tuca Antonio e Marcelo

 

Vaniana, Tetê e Antonio Augusto Musa

 

Com o grande fotógrafo Ramon Magela

 

Recebendo a m√©dica – e linda – Lara Cec√≠lio e seu marido Jos√© Olavo Mendes J√ļnior

 

Todo carinho para a prima Sandra Cecílio

 

Vaniana recebe Adriene Ribeiro e Carla Marzola

 

 

 

Publicado em 14/05/18
em: News

IEATM abre programação social de 2018

Costela Sertaneja √© o nome da festa que o Instituto de Engenharia e Arquitetura do Tri√Ęngulo Mineiro apresenta no dia 20 de maio (domingo), das 12h30 √†s 18h, na sede do Instituto, na avenida Leopoldino de Oliveira, 1020, com realiza√ß√£o assinada por Costela no Bafo. O ingresso para associados do IEATM custa R$ 50 e para n√£o associados R$ 80 com open bar, open food, mais m√ļsica da melhor qualidade com shows da dupla Guto & Gabriel e do cantor Douglas El√≠fe. A organiza√ß√£o solicita que o p√ļblico doe um litro de leite, que ser√° entregue para o Lar da Caridade.

A arquiteta Thais Curi, diretora do IEATM,  destaca que a Costela Sertaneja abre a programação social da gestão liderada pelo engenheiro Gilberto Machado Barata de Oliveira  e a intenção é que faça parte do calendário anual de eventos do Instituto.  Acrescenta que a parceria com o empresário Anderson Martins, da Costela no Bafo, é muito bem-vinda, bem como o apoio ao Lar da Caridade.

Guto & Gabriel

A dupla tem dez anos de estrada com foco no sertanej√£o antigo e seus shows s√£o o maior sucesso. As duplas Mato Grosso & Mathias e Milion√°rio & Jos√© Rico est√£o entre as preferidas¬† de Guto & Gabriel. A paix√£o pela m√ļsica uniu os amigos desde o dia em que se conheceram em um evento, onde, sem nada programado, ¬†cantaram juntos e n√£o pararam mais.

Douglas Elífe

√Č de Patos de Minas e se encantou pelo sertanejo por influ√™ncia de familiares e, principalmente, de seu pai compositor. J√° fez v√°rias apresenta√ß√Ķes em shows, bares e eventos. Cantor, m√ļsico e compositor de suas pr√≥prias m√ļsicas, faz um show animado, rom√Ęntico e diversificado, encantando p√ļblico de todas as idades.

Lar da Caridade

No início, em 1957,  o Lar da Caridade abrigava pessoas acometidas pela doença de pênfigo. Com o tempo incluiu outros serviços de assistência social priorizando o acolhimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Todos os atendimentos são realizados gratuitamente.

Publicado em 14/05/18
em: Social

Para a primeira noite de comemora√ß√Ķes do seu niver, Jorge Alberto Nabut recebeu em petit comit√™ para jantar arabe refinado, grifado por Mariza Cury

Anfitri√£o Jorge Alberto Nabut

Cravos vermelhos em magnifico arranjo solo dava boas vindas aos convidados que dividiram com o anfitri√£o os brindes da noite. O palacete mereceu “tour” pelos seus indescrit√≠velmente ricos ambientes. Da entrada aos jardins iluminados -paix√£o confessa do colunista; dos sal√Ķes decorados com m√≥veis e adere√ßos europeus, ao studio em cuja mesa principal repousavam exemplares da obra po√©tica do escritor.

Deliciem-se com as fotos que o amigo Leandro nos brindou naquela noite memor√°vel!

Mesas do jantar √°rabe

 

Jorge e Dadaça Barbosa

 

Recebendo Ana Paula e S√≠lvio Castro Cunha J√ļnior

 

Com o casal Nelson Champs e Cristina Beatriz

 

Proseando com a inteligente Myrian Furtado

 

Jorge Alberto e eu – sempre juntos

 

Com o Luiz, sempre um gentleman

 

Ambientes

 

Luxo no primeiro sal√£o

 

Varanda com mobiliário provençal

 

Bolo de anivers√°rio do anfitri√£0 – by Luciana Lopes

 

Studio do poeta

 

Conferindo suas obras publicadas

 

Caramanch√£o

 

Jardins iluminados

 

Detalhes preciosos

 

 

 

 

 

Entradas maravilhosas

 

Estilo normando da edificação

Publicado em 12/05/18

A vida conturbada nas grandes cidades est√° afastando a humanidade da natureza e da vegeta√ß√£o. Estima-se que as pessoas fiquem, atualmente, cerca de 90% do dia em ambientes fechados, principalmente em escrit√≥rios, trabalhando. A maioria dos interiores empresariais n√£o √© adequadamente planejado para receber jardins ou sequer vasos de plantas. E isso pode ser algo terr√≠vel tanto para a sa√ļde quanto para a produtividade dos empregados.

Um estudo recente feito pela Universidade de Melbourne, na Austrália, pela pesquisadora Kate Lee, mostrou que admirar a natureza por pequenos instantes melhora a concentração; e olhar para um jardim durante 40 segundos aumenta a produtividade e relaxa.

Outro estudo da Universidade de Queensland, na Austrália, diz que ter plantas à sua volta aumenta 15% a produtividade: o trabalhador fica mental, emocional e fisicamente mais envolvido no trabalho e mais feliz. Segundo o co-autor da pesquisa, Alex Haslam, os trabalhadores de escritórios verdes se sentem prestigiados pelo empregador e retribuem com satisfação e produtividade.

 

Ter plantas no ambiente profissional √© um investimento!¬†N√£o¬†√© √† toa que grandes empresas est√£o investindo em solu√ß√Ķes verdes, diminuindo os impactos ao Meio Ambiente e melhorando a imagem da empresa junto a clientes, visitantes e trabalhadores. Nesse sentido, um nicho de trabalho que vem crescendo no mundo corporativo √©, justamente, o de¬†design da paisagem interior. E, se tratando do gerenciamento de instala√ß√Ķes, restaurantes, lojas e escrit√≥rios, h√° uma forte tend√™ncia em voga na arquitetura, que √© a pr√°tica do¬†Plantscaping.

 

O Plantscaping √© um tipo de estrat√©gia que especialistas como Arquitetos Paisagistas usam para acrescentar o verde em suas propostas. √Č uma combina√ß√£o de arte, design, psicologia ambiental e t√©cnicas de cultivo para personalizar espa√ßos internos de edif√≠cios. √Č um jeito criativo de imitar o ambiente natural e emitir as sensa√ß√Ķes mais agrad√°veis, mesmo que em locais totalmente est√©reis, quanto os escrit√≥rios.

 

Fazer o Plantscaping envolve muito mais do que simplesmente escolher plantas em uma floricultura. Trata-se de saber complementar e destacar um Projeto Arquitet√īnico, aprimorando seu design espacial atrav√©s da inser√ß√£o de esp√©cies naturais.¬†Trata-se de unir a natureza aos interiores com o prop√≥sito de embelezar os lugares, mas tamb√©m de fornecer a melhor qualidade de vida e inspirar seus usu√°rios.

O objetivo n√£o √© transformar edif√≠cios de escrit√≥rios em mini selvas. Basta s√≥ uma √ļnica planta, bem colocada dentro do espa√ßo, para que todos os elementos construtivos ao redor se suavizarem. Dependendo da sua estrutura e forma, diferentes fen√īmenos visuais podem ser gerados.

Os benef√≠cios de um Projeto Arquitet√īnico totalmente integrado ao verde s√£o muitos:

  • As plantas s√£o √≥timas para reduzir a umidade, extrair o excesso de calor e melhorar a qualidade do ar e a ac√ļstica dos ambientes.
  • Quando bem nutridas e v√≠vidas, as plantas contribuem para o bem-estar geral das pessoas. Pesquisadores cl√≠nicos j√° comprovaram, em pesquisas realizadas na Europa e nos Estados Unidos, que a produtividade e a criatividade das pessoas aumentam quando elas est√£o em meio √†s plantas.¬†√Č preciso considerar o impacto das plantas em espa√ßos empresariais e a experi√™ncia positiva dos seus usu√°rios quando em contato com a vida natural.
  • Podem ser usadas para zonear espa√ßos ou estabelecer hierarquias focais.
  • Todos os itens listados acima favorecem para que o Edif√≠cio receba uma boa certifica√ß√£o, como a¬†LEED ‚Äď Leadership in Energy and Environmental Design ‚Äď que √© um sistema de certifica√ß√£o e orienta√ß√£o ambiental de edifica√ß√Ķes.

 

Algumas espécies que mais funcionam em ambientes internos são: Espada de São Jorge, Jiboia, Ráfis, Aspidistra, Marantas, Lírio da Paz, Comigo Ninguém Pode, Aspargo Rabo de Gato, Zamioculcas, Pacová, entre outros.

Às vezes, quando não é possível ter plantas de forma alguma, basta o uso da madeira sem pintura pois ela também remete à natureza.

 

 

 

 

Dica:

Para que um Arquiteto ou Design de Interiores possa desempenhar o papel de¬†plantscaperele deve, primeiramente, exercitar seu o olhar art√≠stico. Tamb√©m deve procurar obter mais conhecimento sobre plantas ‚Äď horticultura e bot√Ęnica.

S√£o fun√ß√Ķes do¬†plantscaper:¬†realizar propostas de paisagismo; fazer o acompanhamento da inser√ß√£o das plantas nos interiores; o acompanhamento da rega, poda, fertiliza√ß√£o, controle de pragas e doen√ßas, e outros cuidados semanais; e a aquisi√ß√£o de novas esp√©cies, al√©m de sua instala√ß√£o e manuten√ß√£o.

 

 

Fonte: Archdaily, GBC Brasil, Pinterest

 

Juliana Sousa é Arquiteta e Urbanista, com cursos na área de Design de Interiores, Gerenciamento de Projetos, e Gestão Ambiental.

Contatos:

Studio E+A – Engenharia e Arquitetura

Avenida Alberto Martins Fontoura Borges, n¬ļ 580 | Bairro S√£o Benedito |¬†

Uberaba/MG | Cep: 38022-070 | 

Telefone: 34 3311-7243 | 34 99134-8578 | 34 99813-1119 | 

studioea.construcoes@gmail.com

Publicado em 10/05/18

“No pr√≥ximo domingo √© dia de comemorar o Dia das M√£es e vou dar uma id√©ias de lembran√ßas e decora√ß√£o…

 

Flores…

 

 

M√£es amam delicinhas…

 

E adoram outros mimos…

 

 


 

Capriche nas embalagens!

 

 

Agora, √© s√≥ arrumar o almo√ßo…

 

Olha o detalhe do gelo

 

O prosecco é com suco de pêssegos e frutas vermelhas congeladas

 

Uma mesa alegre

 

A Provence foi minha inspira√ß√£o para a mesa do ano passado…

 

Esta foi do ano atrasado…

 

E vejam como ela adorou! *

 

Feliz Dia das M√£es a todos!!!

 

* Stella Terra Cecílio é mãe da autora desta matéria

 

 

 

 

Publicado em 07/05/18
SOBRE MIM

Sou Virginia Abdalla, jornalista há mais de trinta anos. Ao longo desse tempo, assinei coluna social autoral, nos diários Jornal da Manhã e Jornal de Uberaba, trabalhando com conteúdo ético e abrangente. Espaço aberto para reportagens sociais e voltado também para comportamento, lifestyle, moda, cultura, gastronomia, ciências e tendências. Editei cadernos especiais de jornais e revistas, comandei programa de entrevistas em TV local e integro o quadro de colaboradores da publicação JM Magazine,  sempre procurando destacar pessoas pelo seu talento e fatos pela sua importância transformadora.
 Este é o foco do meu trabalho jornalístico, em prospecção para este Blog, on line desde 2012 - um novo e necessário caminho para fincar os pés no presente e tecnológico universo.
Sou graduada em Pedagogia pela Faculdade de Ciências e Letras Santo Thomaz de Aquino - com especializações no setor - e pós-graduada em Educação Latu Sensu pela Universidade de São Carlos. Empresária, mãe, avó, filha e mulher que eventualmente se permite expressar através de produções de arte sustentável.

MARIZA CURY GASTRONOMIA
Studio E+A Engenharia
Arquivo
  • expand2018 (100)
  • expand2013 (63)
  • expand2012 (492)

© 2018 Virginia Abdalla Blog . Todos os Direitos Reservados.
Powered by WordPress